EDITORIAL: LIBERDADE DE SER

Cada cabeça é um mundo? O dito popular deveria ser revisto e ampliado porque – literal e figurativamente – a cabeça é apenas uma parte de Nós. Mas, sem sombra de dúvidas, cada corpo é um mundo, de possibilidades, de marcas, de decisões, de formas.

Não há corpo exatamente igual a outro, nem mesmo em seres geneticamente idênticos. E é essa diversidade que a Nós celebra em sua sétima edição. O corpo, do fio de cabelo à ponta dos pés, designa quem é cada pessoa, não com uma imposição determinista, mas com a liberdade de escolher ser quem se quer ser, construir sua imagem corporal a partir do que se pensa, fazer com sua carne o que bem se desejar e viver plenamente as consequências dessas definições.

Assim acreditamos que deva ser e, por isso, os conteúdos que compõem essa edição estão carregados dessa multiplicidade. Boa leitura!

Anúncios